A madeira antiga continua viva

07 julho 2017

A Hakwood adicionou autênticas antiguidades à coleção por uma simples razão: esta madeira merece uma segunda vida. A madeira que usamos fez parte de um celeiro ou barracão europeu. Vigas que se mantiveram erguidas durante gerações, sobrevivendo a verões quentes e a invernos rigorosos. Quando a utilidade do edifício esmorece, as vigas de madeira ainda estão longe do seu fim. Mark Hak: “Procurámos por toda a Europa e encontrámos as vigas antigas mais fortes. Madeira selvagem forte por dentro e desgastada com elegância na área exterior.”

Marcada pelo tempo
A madeira envelheceu muito bem com a passagem do tempo, condições meteorológicas e intempéries. Marcas do metal usado na construção e os efeitos da luz e da humidade deram um toque natural à madeira. O passar do tempo escureceu e carregou a sua cor. E com tudo isto, a madeira permanece resiliente e forte.

No caminho de uma nova vida
Respeitamos os séculos de história que cada tábua representa ao não apressarmos o seu caminho para uma nova vida. Damos tempo ao tempo. Cuidamos. Gradualmente, a prepará-la para uma segunda vida no seu projeto. Pronta para absorver centenas de passos, enquanto mantém a sua força e beleza única para gerações futuras.

Consulte os nossos produtos Carvalho Antiguidade Recuperada.

Fechar